quarta-feira, 9 de outubro de 2013

HIDRELÉTRICA DE SOBRADINHO- BAHIA

LAGO DE SOBRADINHO





O maior lago artificial do mundo é formado pelo Rio São Francisco. O Lago ou Barragem do Sobradinho, como também é conhecido, é a maior atração turística do município do mesmo nome, tem uma área de 4 mil quilômetros quadrados de espelho d´água e capacidade de armazenamento de 34 bilhões de metros cúbicos de água. A facilidade de acesso ao público incentivou a prática de esportes náuticos, os quais vêm se intensificando, especialmente a vela-hobbie-cat, laser, wind-surf e jet-ski. A pesca do surubim é outra atividade de lazer que atrai pescadores amadores e profissionais, além de ser uma importante atividade econômica.


A construção da represa e o conseqüente alagamento da vasta área hoje ocupada pelo lago artificial levou ao desaparecimento de cinco núcleos urbanos baianos de porte médio e à transferência dos seus moradores para novas sedes, construídas nas margens do reservatório. Em 1974, foram inundadas as antigas cidades de Casa Nova, Pilão Arcado, Remanso e Sento Sé e o antigo distrito de Sobradinho, então pertencente ao Município de Juazeiro. 12 mil famílias, ou cerca de 70 mil pessoas, foram relocadas em razão do alagamento. Quando da redução do nível da água represada no lago, conseqüência direta da falta de chuvas na região, um fenômeno passa a ocorrer: as ruínas das cidades alagadas começam a reaparecer.




A represa, pertencente ao sistema CHESF, foi construída pelo governo federal para regularizar a vazão média do rio São Francisco, garantindo, desse modo, a geração de energia no complexo hidrelétrico de Paulo Afonso. Sobradinho recebe água do alto São Francisco entre os meses de novembro e abril e utiliza esse volume acumulado, entre os meses de maio e outubro, gerando energia. Essas ações tornam-se necessárias, tendo em vista as reais limitações do rio, em razão da não disponibilidade das vazões naturais necessárias à geração e, consequentemente, ao atendimento da demanda energética do Nordeste. Portanto, a acumulação no referido reservatório regularizador torna-se uma questão fundamental e até mesmo obrigatória para o perfeito funcionamento do sistema elétrico nordestino.




A Usina Hidrelétrica de Sobradinho é um aproveitamento hidrelétrico localizado no Rio S. Francisco, no estado da Bahia, cerca de 40 Km a montante das cidades deJuazeiro/BA e Petrolina/PE e distante, aproximadamente 470 Km do complexo hidroenergético de Paulo Afonso. A Usina Hidrelétrica tem uma potência instalada de 1.050 MW e conta com 6 máquinas geradoras. 


A Usina está posicionada no rio São Francisco a 748 km de sua foz, possuindo, além da função de geração de energia elétrica, a de principal fonte de regularização dos recursos hídricos da região. 
Compreendem o represamento de Sobradinho as seguintes estruturas: *barragem de terra zoneada com 12.000.000 de m3 de maciço, altura máxima de 41 m e comprimento total de 12,5 km; 
• casa de força com 6 unidades geradoras acionadas por turbinas Kaplan com potência unitária de 175.050 kW, totalizando 1.050.300 kW; 
• vertedouro de superfície e descarregador de fundo dimensionados para extravasar a cheia de teste de segurança da obra; 
• tomada d’água com capacidade de até 25 m3/s para alimentação de projetos de irrigação da região. 
A energia gerada é transmitida por uma subestação elevadora com 09 transformadores monofásicos de 133,3 MVA cada um, que elevam a tensão de 13,8 kV para 500 kV. 
A partir daí a conexão com o sistema de transmissão da CHESF é efetuada através da subestação seccionadora de Sobradinho 500/230 kV. 


Tabelas 
• Usina 
Proprietário CHESF 
Projetista Hidroservice 
Construtora Servix Engenharia 
Inicio das obras Junho de 1973 
Inicio da operação Novembro de 1979 
Rio São Francisco 
Longitude 40° 50’ Oeste 
Latitude 9° 35’ Sul 
Distância da foz 747,80 km 
Município Sobradinho - BA 
Tipo de construção Externa 
Potência instalada 1.050.300 kW ( 6 UGs ) 
Comprimento da Casa de Força 250,00 m 
Altura da Casa de Força 32,00 m
Largura da Casa de Força 27,00 m 
• Início de Operação 
Gerador 01G1 03/03/82 
Gerador 01G2 27/10/81 
Gerador 01G3 29/04/81 
Gerador 01G4 06/12/80 
Gerador 01G5 01/04/80 
Gerador 01G6 03/1179 



• Gerador 
Tipo Síncrono Vertical 
Quantidade 6 
Fabricante Electrosila 
Potência instalada de cada unidade 175.050 kW 
Classe de isolamento rotor F 
Classe de Isolamento do estator F 
Corrente nominal 1.620 A 
Freqüência 60 Hz 
Tensão entre fases 13.800 V 
Velocidade nominal 75 rpm 
Velocidade de disparo 180 rpm 
Ligação Estrela (aterrada) 
Fator de potência 0,9 
• Turbina 
Tipo Kaplan 
Quantidade 6 
Fabricante Leningradsky Metallichesky Zavod (LMZ) 
Velocidade nominal 75 rpm 
Velocidade de disparo 180 rpm 
Engolimento 710 m3/s 
Potência nominal 178.000 kW 
Altura de queda nominal 27,2 m 
Diâmetro do rotor 9,5 m 
• Reservatório 
Área de reservatório na cota 392,50 m 4.214 km2 
Volume total do reservatório 34.116 Hm 3 
Volume útil do reservatório 28.669 Hm 3 
Vazão regularizada 2.060 m3/s 
Nível máximo maximorum 393,50 m 
Nível máximo operativo normal 392,50 m 
Nível mínimo operativo normal 380,50 m 
Origem texto: Wikipédia, a enciclopédia livre. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PROJETO ALUNO NOTA 10 - COLÉGIO ESTADUAL DONA GUIOMAR BARRETO MEIRA

Como S er um Aluno Nota 10 O ensino fundamental não tem esse nome à toa. A partir de agora, você passará o dia inteiro fora...